AO SABOR DO VENTO

Poesia e prosa

Meu Diário
11/03/2009 18h00
Som antigo
De longe chega o som de um violino. Inseguro e arrastado, fêz-me lembrar dos músicos ambulantes:
Vi a rua onde nasci, as pessoas pequeninas andando lá em baixo, vi a mulher de xaile e mão estendida, e o velho músico arrastando o arco no violino que gemia num lamento triste e cansado...
Como poderia então saber que esse som antigo ficaria guardado em mim, e despertaria um dia, tão longe da minha terra, tão longe da menina que olhava da janela.

Publicado por Eugénia Tabosa em 11/03/2009 às 18h00
Copyright © 2009. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.



Página 3 de 3 1 2 3 [«anterior]

Site do Escritor criado por Recanto das Letras